Pós-Graduação em Pregação Expositiva

PÓS GRADUAÇÃO

Cursos Descrição

IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO
  • Nome do curso: Pós-graduação Lato Sensu em Hermenêutica e Exegese Bíblica.
  • Grande área: Teologia.
  • Coordenador do curso e sua titulação: Airton Williams (Mestre em Teologia Exegética).
CARACTERIZAÇÃO DO CURSO

Período de realização:

O curso tem 10 (dez) disciplinas e será ministrado em 10 (dez) módulos, um para cada disciplina.

Cada módulo ocorrerá 1 (uma) vez por mês, de quinta à sábado, sendo quinta e sexta à noite e no sábado manhã e tarde.

Ao final do curso será exigida a elaboração Artigo Científico com 10 a 15 páginas, que deverá ser entregue no prazo de até seis meses após a conclusão da ultima disciplina cursada.

O cronograma anexo oferece uma visão completa das disciplinas, datas e tempo para entrega dos trabalhos.

CARGA HORÁRIA

420 horas.

TIPO

Especialização/Pós-graduação Lato Sensu.

PERIODICIDADE DO CURSO

Mensal/modular

MODALIDADE DO CURSO

Presencial ou On-line.

PÚBLICO ALVO

Pastores, comunicadores religiosos, pregadores leigos e ao público em geral; pessoas interessadas na elaboração e comunicação de sermões, ou em tão somente ouvi-los; portadores de diploma reconhecido pelo MEC de bacharelado em Teologia ou áreas afins.

JUSTIFICATIVA

Em um tempo quando a comunicação se moderniza e avança velozmente, lançando mão de recursos da internet e técnicas de multimídia, o discurso religioso não pode ficar à margem desta realidade. Urge que o pregador da Palavra, a partir da realidade presente, esteja habilitado a usar novas formas sermônicas em velhos textos bíblicos. Os ouvintes clamam por sermões cristrocêntricos, com base bíblica, porém elaborados e comunicados de modo a alcançá-los no seu mundo significativo.

OBJETIVOS DO CURSO
  1. OBJETIVO GERAL:
    • Atualização e aprofundamento na área da homilética, com uma visão de novos recursos para o púlpito, visando alcançar melhores resultados na comunicação.
  2. OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
    • Rever os passos para a elaboração de sermões com biblicidade e atualidade;
    • Buscar um melhor conhecimento dos ouvintes, visando um maior alcance com a comunicação da mensagem;
    • Discutir sobre a realidade do presente momento e a responsabilidade do pregador em comunicar com relevância;
    • Oferecer uma visão da exegese e da hermenêutica como ferramentas indispensáveis à pregação bíblica;
    • Utilizar novas formas sermônicas que tornam possível a variedade com relevância e base bíblica.
    • Estudar a relação pregação e adoração, trabalhando o lugar do sermão no culto e a possibilidade de usar os recursos da música no púlpito.
    • Considerar a importância da cristocentricidade na pregação, de modo a pregar Jesus mesmo com uma base veterotestamentária;
    • Trabalhar uma teologia da pregação, habilitando pregadores a elaborar sermões com sólido conteúdo bíblico-teológico.

ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DO CURSO

PROCESSO SELETIVO
    • Pré-requisito: Graduação reconhecida pelo MEC.
INSCRIÇÕES

Serão feitas na sede da Sociedade de Estudos Bíblicos Interdisciplinares (SEBI), mediante a apresentação do certificado de conclusão do curso de graduação, reconhecido pelo MEC.

PROCESSO DE AVALIAÇÃO

O desempenho do aluno será aferido através dos trabalhos de conclusão de cada módulo, seminários, artigos e demais atividades constantes dos programas das disciplinas.

INVESTIMENTO

16 parcelas de R$ 279,00 (duzentos e setenta e nove reais). O aluno que efetuar seu pagamento em dia terá um desconto de 10%, reduzindo sua parcela para R$ 251,00 (duzentos e cinquenta reais).

Allmen, J. J. Von.  O culto cristão: São Paulo: Aste, 1968.

Blackwood, A. W.  A preparação de sermões.  Rio: Aste/Juerp, 1981.

Braga, James. Como preparar mensagens bíblicas. São Paulo: Editora Vida, 2005.

Broadus, John O sermão e seu preparo. Rio: JUERP, 1960.

Jowett, John Henry. O pregador, sua vida e sua obra. Campinas: Editora Presbiteriana, 1969.

Liefeld, Walter L. Exposição do Novo Testamento, do Texto ao Sermão. São Paulo: Vida Nova, 1985.

Lloyd-Jones, Martyn. Pregação e Pregadores. São Paulo: Fiel, 1984.

Moraes, Jilton. Púlpito, pregação e música. (edição atualizada e ampliada) Rio: Convicção, 2011.

_______.Homilética do púlpito ao ouvinte. São Paulo: Vida. 2008

_______. Homilética da pesquisa ao púlpito. São Paulo: Vida. 2005

_______. A Cumplicidade na pregação. Reflexão e Fé. Ano 01, nº 01, agosto de 1999.

_______.A Música e a pregação no culto. Trabalho inédito, digitado. Recife:1992.

_______. Características da Pregação do Senhor Jesus. Trabalho inédito, digitado. Brasília: 2005.

_______. Grandes Pregadores. Coletânea de Textos. Trabalho inédito, digitado. Brasília 2006.

_______. Procura-se um pregador capacitado. Trabalho inédito, digitado. Brasília 2003.

Murray, Iain. O sistema de apelo. São Paulo: Pes, 1995.

G. Turnbull (org.). Buenos Aires: Editorial Escaton, 1976.

______. & Sell, Charles. Pregando sobre os problemas da vida. Rio: Juerp. 1989.

Piper, John. A Supremacia de Deus na pregação. São Paulo: Shedd, 2003.

Robinson,  Haddon W. A pregação bíblica. São Paulo: Vida Nova, 1983.

Spurgeon, C. H. Lições aos meus alunos (3 volumes). São Paulo: PES, 1980.

Stott, John. Eu creio na pregação. São Paulo, Editora Vida, 2004.

_______. O perfil do pregador. São Paulo: Sepal, 1969.

Esta é uma bibliografia básica na área da Homilética; cada disciplina terá sua própria bibliografia, indicada pelos seus professores.

Visão da Ciência e Método Científico com ênfase na execução de pesquisas e na produção de trabalhos científicos.

Reflexão sobre o processo educacional no Ensino Superior e sua importância no contexto social considerando o significado e o valor da metodologia no fazer docente do Ensino Superior.

Definição, natureza e teologia da Pregação Expositiva.

Uma análise dos recursos da linguística funcionalista para compreensão e elaboração do sermão.

Elementos hermenêuticos fundamentais para a elaboração do sermão.

Abordagem sobre a cristocentricidade, tanto no Novo Testamento quanto no Antigo, como característica imprescindível à autêntica pregação evangélica.

Análise de cada elemento do sermão expositivo.

Como pregar em textos do Antigo Testamento respeitando seus gêneros literários e Sitz im Leben.

Como pregar em textos do Novo Testamento respeitando seus gêneros literários e Sitz im Leben.

Uma análise da pregação como elemento controlador e centralizador da adoração cristã.